Piatã FM 94,3 - A Rádio da Gente

CLIQUE E OUÇA Agora na Piatã FM - TOP 10

Entretenimento   13 de Setembro de 2019 - Publicado às 11:46

Ex-funcionário processa Naldo Benny e cantor terá que pagar indenização, diz colunista

De acordo com a colunista Fábia Oliveira, o rapaz acionou o artista na Justiça após ter sido demitido em janeiro de 2017 sem receber seus direitos

O cantor Naldo Benny perdeu um processo trabalhista e terá que indenizar seu ex-coordenador financeiro Fabricio Cardoso Gouvea em cerca de R$ 65 mil. De acordo com a colunista Fábia Oliveira, do Jornal O Dia, o ex-funcionário acionou o cantor na Justiça após ter sido demitido em janeiro de 2017 sem receber seus direitos.

Ainda segundo a jornalista, algumas semanas após a demissão, Fabricio descobriu um câncer. "Eu acabei dependendo de doações de alguns amigos, porque não tinha dinheiro pra fazer compras pra dentro de casa", disse ele, conforme a nota.

"Ele me devia R$ 7,5 mil de salário, e o empresário dele foi me pagando por semana, com R$ 500. O pagamento atrasado só foi quitado no dia da minha alta da cirurgia que fiz nas costas por conta do tumor. O empresário dele veio na minha casa pagar os R$ 2 mil que faltavam", afirmou o rapaz.

Fabricio ainda contou que Naldo abriu um boletim de ocorrência contra a mulher dele, após a mesma lhe cobrar o que ele devia. "Ele abriu um boletim contra a minha esposa por difamação, mas a juíza arquivou e disse que foi improcedente. Ele abriu esse boletim porque ela foi cobrá-lo no Instagram dele, mas em momento algum ela difamou ou o ofendeu", explicou.

De acordo com a colunista, além de pagar os direitos trabalhistas, Naldo terá que indenizá-lo por acúmulo de função e arcar com despesas de INSS e custas processuais. O valor total da indenização é de R$ 72 mil. 


VEJA TAMBÉM

ÁUDIOSEspecial Piatã FM - ImaginaSamba