Piatã FM 94,3 - A Rádio da Gente

CLIQUE E OUÇA Agora na Piatã FM - Momentos de Amor

Entretenimento   19 de Julho de 2018 - Publicado às 00:40

História de Suzane Von Richthofen será thriller psicológico no cinema

Batizado de ‘A Menina que Matou os Pais’, filme sobre o julgamento de Suzane e Daniel Cravinhos começa a ser filmado este ano

Com direção de Mauricio Eça, a história de Suzane Von Richthofen e Daniel Cravinhos, condenados pelo assassinato dos pais de Suzane, em 2002, dará origem ao filme A Menina que Matou os Pais. Segundo a Galeria Distribuidora, que será responsável pelo lançamento do longa, as filmagens começam ainda este ano com roteiro da criminóloga Ilana Casoy em parceria com o escritor de literatura policial Raphael Montes. Os atores ainda não foram selecionados.

Ao longo de seis meses, Eça, que conduziu desde filmes como Apneia até a franquia de Carrossel no cinema, se debruçou sobre arquivos públicos do julgamento de Suzane, do assassinato até a condenação. De acordo com o cineasta, o filme será um thriller psicológico de suspense que tentará analisar os motivos que levaram ao crime.

“É uma história muito forte e original e por ser real torna tudo mais absurdo e instigante”, diz Eça. “O filme traz um tema que muita gente conhece e tem ideias pré-concebidas, mas as pessoas não sabem o mais importante que é o motivo que levou a filha e seu namorado a matarem seus pais. Por isso, esse projeto parte de um grande desafio que é entender um pouco a mente de cada um dos dois assassinos.”

Ainda não há data de estreia prevista.



Fonte: Veja / Foto: Robson Fernandes/AE/VEJA


VEJA TAMBÉM

ÁUDIOSEspecial Piatã FM - ImaginaSamba