Piatã FM 94,3 - A Rádio da Gente

CLIQUE E OUÇA Agora na Piatã FM - Tarde Livre

Entretenimento   01 de Março de 2018 - Publicado às 11:53

Luisa Mell denuncia shopping por maus tratos a corujas; postagem no Instagram viraliza

Em nota, o shopping afirmou que maus tratos aos animais não são compatíveis com os valores da empresa

Pelo Instagram, a atriz e ativista Luisa Mell denunciou os maus tratos cometidos pelo Shopping Eldorado, de São Paulo, contra corujas. Os animais, na exposição chamada "Casa dos Bruxos", ficaram amarrados das 10h até as 22 horas, diariamente, segundo informações da ativista. No post, ela disse ter ligado para o Shopping, que confirmou a informação. Até o momento desta publicação, o post continha 67.988 curtidas.



 

Oi amigos! Passei a tarde toda no @shoppingeldorado com a polícia ambiental e o ibama. O evento casa dos bruxos e o responsável pelos animais foram autuados por exploração comercial de animal silvestre. O Shopping Eldorado se comprometeu a nunca mais permitir nenhum tipo de atividade q explore animais. O Ibama começou uma investigação na empresa que “ alugava” os animais. Ficaremos em cima! Pq explorar animal não é profissão! É crime! Obrigada a cada um de vcs que se manifestou, ligou, escreveu... graças a repercussão conseguimos acabar com este show de horror! O evento continua MAS CORUJAS Só as de pelúcia ( como a que está em meu colo!) Obrigada a minha seguidora que denunciou! Obrigada aos ativistas que foram comigo assim q chamei! Obrigada ao Ibama e Polícia Ambiental pela seriedade q trabalharam no caso! O deputado Capez @fernandocapez que assim qviu minha postagem me ligou e acionou o Ibama e a polícia ❤️❤️❤️cada um de vcs que se importa com os animais!!

Uma publicação compartilhada por Luisa mell (@luisamell) em

"Isto é crime! Isto é crueldade! Vamos exigir que o Shopping pare imediatamente amigos? Quem será que tem uma ideia tão imbecil como esta???!!?", esbravejou na publicação.

Um internauta opinou que, pior do que o Shopping, é quem aceita fazer fotos com animais nestas condições. Uma jovem afirmou que o "ser humano é podre", enquanto outra pessoa ironizou, sugerindo que os humanos que tiveram esta ideia ficassem 12 horas com as pernas amarradas.  

Em nota, também pelo Instagram, o shopping afirmou que maus tratos aos animais não são compatíveis com os valores da empresa. O documento informa que as denúncias foram apuradas junto ao operador terceirizado responsável pelo evento, de modo que todas as medidas cabíveis sejam tomadas.




Apesar da justificativa, a maioria dos comentários foram negativos. "Vão dizer que não sabiam?! Tenha santa paciência!!! Ridículos!!!", disse um usuário.


Fonte: OPovo / Foto: Instagram


VEJA TAMBÉM

ÁUDIOSEspecial Piatã FM - ImaginaSamba