Piatã FM 94,3 - A Rádio da Gente

CLIQUE E OUÇA Agora na Piatã FM - Tarde Livre

Entretenimento   24 de Fevereiro de 2017 - Publicado às 08:36

Orla foi do folião pipoca

Trios sem corda deram o tom na orla nesta quinta-feira, 23

O folião pipoca foi o privilegiado da noite no circuito Dodô (Barra-Ondina) nesta quinta-feira, 23. Mais da metade das atrações que começaram o desfile no Farol da Barra fizeram o percurso em trios sem cordas, com público sem abadás.

Uma das que conseguiram convencer boa parte dos foliões a deixar a concentração no Farol da Barra e seguir até o final do circuito foi Ivete Sangalo. A aproximação do trio elétrico decorado com esculturas de sorvete e outros doces já deixou vários olhares atentos até a confirmação da chegada da artista, com gritos e aplausos.

Ivete disse que estava vestida de tutti-frutti

No entanto, a alegria quase se transformou em frustração, quando o trio começou a andar em frente ao camarote Expresso 2222, enquanto Ivete estava em oração com os músicos antes de começar a apresentação.

Os foliões apelaram com vaias e foram atendidos: o trio parou e a artista iniciou o desfile com O Doce, a aposta dela este ano, que também inspira o figurino da cantora. “Hoje, estou de tutti-frutti. O pipocão da Veveta será de paz, amor, diversão e música”, disse ela.

O cantor e compositor Filipe Escandurras, um dos autores do hit interpretado por Ivete, desfilou sem cordas no trio Fissura, mas só começou a cantar quando o trio já tinha passado do Farol. Ele veio com figurino em homenagem aos garis.

Antes de Ivete, por volta das 18h30, Wesley Safadão puxou o Coco Bambu e lembrou da primeira experiência no Carnaval soteropolitano: “Comecei aqui em 2015 e não deixo mais essa festa. O público participa muito e deixa o artista com vontade de voltar”.

Safadão fez elogios à festa baiana no desfile

A noite ainda teve Banda Eva, Cid Guerreiro, Luiz Caldas e Araketu, entre outros. “É bom diversificar e ampliar as atrações sem bloco. Assim posso escolher até ficar parado e curtir todos”, contou o comerciante Lúcio Cintra, 37 anos.


Fonte: A Tarde / Foto: Lúcio Távora


VEJA TAMBÉM

ÁUDIOSEspecial Piatã FM - ImaginaSamba