Piatã FM 94,3 - A Rádio da Gente

CLIQUE E OUÇA Agora na Piatã FM - Estação 94

Entretenimento   11 de Julho de 2019 - Publicado às 02:02

Reportagem especial do Balanço Geral mostra trajetória de Paulo Henrique Amorim

Formado em Sociologia e Política pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, seu primeiro trabalho como jornalista foi no jornal A Noite, no Rio, quando participou da cobertura da renúncia de Jânio Quadros e da resistência de Leonel Brizola, como radioescuta e repórter, em 1961.



Paulo Henrique Amorim nasceu em 1943, no Rio de Janeiro. Construiu uma carreira que vai do jornalismo impresso ao televisivo. Atuou como correspondente internacional em Nova Iorque nas revistas Realidade e Veja. Na televisão, passou pela extinta Manchete, pela Globo, Bandeirantes e TV Cultura.

Formado em Sociologia e Política pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, seu primeiro trabalho como jornalista foi no jornal A Noite, no Rio, quando participou da cobertura da renúncia de Jânio Quadros e da resistência de Leonel Brizola, como radioescuta e repórter, em 1961.

Depois, foi repórter das revistas Manchete e Fatos & Fatos, da Bloch Editores, e da sucursal da Editora Abril no Rio. Fez parte ainda da equipe da célebre revista Realidade, entre 1967 e 1969. Ainda em 1968, tornou-se o primeiro correspondente da revista Veja, em Nova York, onde assumiria tempos depois a editoria de Economia, além de ganhar um prêmio Esso de reportagem econômica. Entre 1974 e 1976 foi editor-chefe da revista Exame, e ali lançou a “Melhores e Maiores”. Em seguida, trabalhou como editor de economia, redator-chefe e editor-chefe do Jornal do Brasil e ali permaneceu até 1984.

Em 1985, fez sua estreia na TV, como editor-executivo do departamento de Jornalismo da Rede Manchete, mas no mesmo ano mudou novamente e seguiu para a TV Globo, como editor de economia, repórter e apresentador de programas econômicos. Em 1990, tornou-se chefe do escritório e correspondente da mesma emissora em Nova York.

Foi ainda colaborador do programa World Report da Rede CNN no início dos anos 1990.

Depois, passou pela Band e TV Cultura, até que migrou para a internet, trabalhando no Terra, UOL e IG. Atualmente, mantinha o site de notícias e vídeos Conversa Afiada.

Contratado pela Record em 2003, ele assumiu na ocasião a apresentação da edição noturna do Jornal da Record. Posteriormente foi deslocado para o programa Domingo Espetacular.




VEJA TAMBÉM

ÁUDIOSEspecial Piatã FM - ImaginaSamba