Piatã FM 94,3 - A Rádio da Gente

CLIQUE E OUÇA Agora na Piatã FM - Momentos de Amor

Salvador   25 de Fevereiro de 2019 - Publicado às 14:36

Salvador conta com operação especial de serviços durante Pipoco na terça

Serão mais de 2 mil vagas de zona azul, acesso gratuito ao Elevador Lacerta e diversas barreiras móveis e fixas nos circuitos. Folia começa na quinta (28) e encerra na terça (5).

Uma operação de serviços especiais está sendo montada para a cidade de Salvador durante a festa de pré-Carnaval Pipoco, que acontece nesta terça-feira, 26, às 19h, do Clube Espanhol até o Farol da Barra.

Entre os serviços que estão com mudanças planejadas para o Pipoco, estão: alterações do tráfego, mobilidade, táxi e mototáxi, saúde, segurança, limpeza, urbanismo, fiscalização, salva-vidas e poluição sonora.

Confira as mudanças:

Alterações do tráfego: A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) irá realizar alterações de tráfego em algumas vias da Barra, na terça-feira, 26, para a realização do Pipoco. Das 16h de terça até as 2h de quarta, 27, haverá proibição de circulação e estacionamento de veículos nas seguintes vias: Av. Sete de Setembro (trecho compreendido entre a Rua Afonso Celso e o Largo do Farol da Barra), Av. Oceânica (trecho compreendido entre o Largo do Farol da Barra até a Aeronáutica de Salvador).

Os veículos que trafegam pelo trecho terão como opção de tráfego, sentido Ondina, as ruas Afonso Celso, Miguel Bournier e Prof. Sabino Silva e a Avenida Centenário. Já quem pretende ir em direção à Barra terá como opção as avenidas Oceânica e Centenário, as ruas Prof. Sabino Silva, Augusto Frederico Schimidt e Marquês de Caravelas. Os moradores da região da festa terão acesso à área interditada mediante a apresentação de algum documento que comprove a residência.

A Zona Azul será permitida na Rua Sabino Silva, no entorno do canteiro central, em ambos sentidos da via, das 12h de terça até as 2h de quarta, com cartelas a R$20. O também condutor poderá utilizar aplicativos credenciados nas áreas de Zona Azul.

Mobilidade: Diversas linhas com destino à Barra vão operar com horário estendido até as 2h da quarta. São elas: Pirajá - Barra; Marechal Rondon - Barra; Vista Alegre - Barra; Fazenda Grande do Retiro - Barra; Ribeira - Sabino Silva; Paripe - Barra; Mirante de Periperi - Ondina; São Caetano - Barra; Pituba - Campo Grande R2; Praia do Flamengo - Campo Grande; Aeroporto - Praça da Sé; IAPI - Barra; Duque de Caxias - Barra; Rio das Pedras - Campo Grande R2; Santa Cruz - Campo Grande R2; Tancredo Neves - Barra; Pernambués - Barra; Pau da Lima - Campo Grande/Barra; Narandiba/Doron - Barra R1; Nova Brasília/Jardim Esperança/7 de Abril - Barra; Jardim Santo Inácio/Mata Escura - Barra; Sussuarana - Barra R2; e Cabula VI - Ondina.

O atendimento também será prolongado até 1h para oito linhas que têm como destino a Estação da Lapa. São elas: Lapa - Patamares R2; Cosme de Farias - Lapa; Nordeste - Lapa; Trobogy - Lapa; Engomadeira - Lapa; Boca da Mata - Lapa; Base Naval/São Tomé/Escola de Menores - Lapa; e Alto Santa Terezinha – Lapa.

Além disso, Secretaria de Mobilidade (Semob) vai disponibilizar 21 coletivos da frota reguladora na Estação da Lapa. Os veículos ficarão à disposição no terminal, a partir das 20h até 4h da quarta.

Táxi e mototáxi: Quem optar por ir ao Pipoco de táxi, terá como opção quatro pontos existentes na região. Eles estão localizados em frente ao Shopping Barra, em frente ao Bompreço (Chame-Chame), no Porto da Barra e na rotatória da Praça Lord Cochrane. A Semob criou também um ponto extra, especial para o evento, que ficará na Avenida Centenário, no último retorno para quem segue no sentido Vale dos Barris.

Outra opção é utilizar o serviço de mototáxi que ficará à disposição da população no ponto especial implantado na Avenida Centenário, no último retorno para quem segue no sentido Vale dos Barris, ao lado do ponto de táxi.

Saúde: A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) vai disponibilizar aos foliões um módulo assistencial instalado próximo ao Farol da Barra, que funcionará de 19h à 1h. A estrutura contará com cinco leitos equipados com suporte avançado de vida e com equipes compostas por três médicos, três enfermeiros e três técnicos de enfermagem, além dos demais profissionais que atuarão no fluxo administrativo do módulo. Uma ambulância do Samu também estará de prontidão para remoção imediata das ocorrências que necessitarem de encaminhamento para unidades de retaguarda.

Segurança: A Guarda Civil Municipal de Salvador (GCM) vai atuar com 121 agentes no apoio à Semop, Transalvador, Saltur e SMS, além de realizar ações de patrulhamento preventivo ao longo das ruas.

Limpeza: A Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) vai atuar no local com uma equipe composta por agentes de coleta e limpeza, além de motoristas de operações, mantendo a higienização das vias públicas. Ao todo, serão 169 profissionais envolvidos na operação especial. Para suporte no trabalho, serão utilizados oito compactadores, oito caminhões pipa, além de duas carretas pipa.

Urbanismo: Equipes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) estarão na rua com uma equipe de 30 agentes em regime de plantão para fiscalizar a exibição de publicidade, que deverá ser licenciada pelo órgão, e garantir a proteção às marcas patrocinadoras do Carnaval. Os fiscais também passarão pelos estabelecimentos comerciais para garantir o cumprimento da notificação expedida pelo órgão, onde determina a proibição de comercialização de bebidas em garrafas de vidro, a não ocupação do logradouro público com mesas, cadeiras, gradis, toldos ou outros equipamentos. A ação também coíbe a execução de atividades provisórias sem a devida autorização da Prefeitura.

Fiscalização: A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) vai atuar com 80 agentes, que realizarão o ordenamento e fiscalização do comércio de rua em todo o percurso do evento. Também serão vistoriados a comercialização de bebidas em recipientes de vidro, bem como o uso de espetos de madeira e objetos perfurocortantes, que são proibidos por colocarem risco a integridade física da população.

Salva-vidas: A Coordenadoria de Salvamento Marítimo (Salvamar) contará com uma equipe de 15 salva-vidas distribuídos nas praias no trecho de percurso do evento.

Poluição sonora: Oito fiscais de combate à poluição sonora irão monitorar estabelecimentos, bem como notificar, autuar e suspender as atividades dos que estiverem em situação irregular. A fiscalização também estará atenta ao uso abusivo de som por parte de veículos, visando manter os níveis sonoros estabelecidos pela Lei Municipal 5.354/98.


Fonte: A Tarde / Foto: Adilton Venegeroles


VEJA TAMBÉM

ÁUDIOSEspecial Piatã FM - ImaginaSamba